Você está aqui: Capa » CINEMA/TV » “Eu Nunca Ousei Sonhar Em Viver Jesus”, Diz Dudu Azevedo

“Eu Nunca Ousei Sonhar Em Viver Jesus”, Diz Dudu Azevedo

Dudu Azevedo como Jesus Foto: Edu Moraes/Record TV

O ator fala sobre interpretar o protagonista da nova novela da Record TV

Nesta terça-feira (24), acontece a estreia de Jesus, a nova novela da Record TV. A estratégia da emissora é não começar seguindo a ordem cronológica e já nos primeiros capítulos, o público poderá ver as cenas da crucificação, gravadas no Marrocos.

A expectativa para a maior de todas as histórias bíblicas é muito grande, tanto pelo público como para o elenco. Dudu Azevedo, o protagonista do folhetim, afirmou que nunca ousou sonhar com o papel. Aos 39 anos e casado com a médica Fernanda Mader, ele está completamente envolvido com o personagem e acredita que tem sido transformado.

Como tem sido dar vida a Jesus?
Tem sido um grande privilégio e isso tem me transformado muito. É um personagem que não permite muletas, bengalas ou truques. Eu tenho me preparado e me colocado à disposição dessa história. Até espiritualmente falando, eu venho pedindo para estar nesse lugar, mas de uma forma que vá além do que o ator pode fazer tecnicamente.

Dudu Azevedo como Jesus Foto: Edu Moraes/Record TV

Jesus era um papel que você desejava fazer?
Jamais. Nem nos meus sonhos mais ambiciosos como profissional eu tive a pretensão de me imaginar fazendo Jesus. É um personagem grandioso e com muitos atores querendo fazer. Mas, de uma hora pra outra, recebi o convite e me vi pronto. Eu jamais poderia pestanejar.

Como tem sido nos bastidores?
Eu acredito que a emoção de cada ator vai transcender as telas e ecoar no coração das pessoas. Temos operadores e assistentes de câmera que trabalham com lágrimas nos olhos, eu não poderia ficar mais lisonjeado.

Você emagreceu para o papel?
Eu perdi 6 quilos, mudei um pouco a alimentação e a rotina de exercícios, mas acho que as coisas externas são as menos importantes. A estética, o cabelo, a cor dos olhos são apenas detalhes. Com o tempo, o público vai perceber que a joia dessa história é o que a gente tem pra contar.

Como foram as gravações no Marrocos?
Os primeiro dias de filmagem foram longos, de sol a pino e sensação térmica de 53 graus. A roupa não é muito fresca, tinha poeira, maquiagem, o nariz sangrava, foi desconfortável. As cenas eram difíceis, mas esse trabalho é muito realizador e eu não me sinto em condição de reclamar ou lamentar.

E a crucificação?
Nós já gravamos grande parte da Via Crúcis e de Gólgota (onde aconteceu a crucificação). Foram diárias muito duras de trabalho, mas ao fim de cada dia eu me sentia muito feliz e emocionado.

Qual a sua relação com a fé?
Tenho fé em Deus, no nosso Senhor Jesus Cristo e em mim mesmo. Na minha comunhão com o dogma do amor, da generosidade, em tudo aquilo que Ele nos ensinou. É um constante aprendizado. Praticar a minha fé me faz um cara melhor e ter fé em Jesus aumenta o meu comprometimento com o que eu sou, vivo e faço.

Fonte: Pleno News

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*